segunda-feira, 17 de setembro de 2012

SERTÃ-FÁTIMA-BATALHA-PRAIA DA VIERA

Mais um domingo com umas pedaladas até á praia.




Sai de casa um pouco antes das 7 h e fiz-me ao caminho, desci até á Sertã onde era para beber um cafézinho mas a pastelaria ainda estava fechada tinha que o ir beber noutra terra hehehehehe.




Sai da Sertã pela rotunda da Eirinha e Fonte Branca e fui indo e passando Faleiros, Fonte da Mata, Alto Ventoso e Cernache do Bonjardim onde parei para beber o cafézinho e comer um pastelinho de nata.



Com a cafeina tomada era hora de dar ao pedal que ainda faltavam alguns km, sai de Cernache e fui passando Roda, Casal Madalena, Portela das Oliveiras onde apanhei uma boa descida até á Ponte do Val da Ursa.




Agora vinha a primeira subida do dia e fui passando Val Serrão, Peralfaia, Junqueira, Vales, Besteiras, Casalinho, Águas Belas e passei ao lado de Ferreira do Zêzere, continuei por Lamaceiros, Água Todo o Ano, Regueiras, Portela da Nexebra, Alviobeira, Pintado, Calçadas e Tomar onde passei pelo meio da cidade e parei para tirar umas fotos.





Depois segui e apanhei uma subida até ao Casal das Sortes e num sobe e desce fui passando Carregueiros, Alburitel, Ourem e mais á frente na Atouguia decidi subir por uma subida que seria nova para mim, das outras vezes que fui a Fátima tinha subido pela conhecida subida do boi preto mas desta vez fui por outro lado que tb tem a sua dificuldade, mas nas calmas tudo se faz.





Quando cheguei ao alto estava em Fátima dei ali uma volta á rotunda dos pastorinhos e segui em direção da Batalha, e fui passando Covão da Carvalha, Vale da Seta e mais á frente no Casal da Pedreira reconheci alguns trilhos por onde já tinha passado em dois passeios de btt ali por aqueles lados.





Lá fui seguindo e agora a boa velocidade até chegar ao Reguengo do Fetal e logo de seguida uma subida até ao Perulhal e Casal da Quinta onde já se avistava a Batalha onde parei para comer alguma coisa que a barriga já vinha a dar sinal, parei num café e comi uma sandocha de presunto e um suminho que caiu que nem ginjas.


Com a barriga mais composta era hora de seguir caminho e subi até á Jardoeira e fui seguindo e passando Casal dos Ledos, Casal do Aqueiro, Maceirinha, Martingança, Moita e Marinha Grande onde segui depois em direção da São Pedro de Moel.




Quando cheguei a São Pedro de Moel parei para ver o mar mas estava tudo nublado e estava fresquinho, não havia muita gente na praia, com o tempo a passar lá segui e agora era tudo mais plano sem subidas.











Segui pela ciclovia nas imensas retas até que cheguei á praia da Vieira de Leiria onde tinha a família á espera para almoçar num valente picnic no meio do pinhal.




Depois do almoço demos uma volta pela praia e regressamos a casa que o tempo não estava bom para os banhos, estava fresquinho.



E assim foi mais uma voltinha com o lema PEDALAR PARA DESCONTRAIR.





1 comentário:

  1. Uma voltinha destas bem merecia o "banho à minhoca".
    Um abraço
    Silvério

    ResponderEliminar