segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

UMA RAPIDINHA NA MANHÃ DE DOMIGO

Ontem domingo foi dia de voltinha, desta vez teve que ser uma rapidinha pois tinhas compromissos e não podia pedalar a manhã toda, foi só para matar o bichinho.


Sai de casa e fui até á Portela dos Bezerrins, segui pela esquerda e passei Poiares, Póvoa, Aldeia Velha e Várzea dos Cavaleiros.


Estava um pouco fresco mas nada que as subidas não resolvessem, por aqui temos algumas e das boas, passada a Várzea era subir até perto do Sorvel, lá fui pedalando para aquecer.

No alto do Sorvel é paragem obrigatória para ver as belas paisagens, dá uma vista espetacular das serras ali ao redor, isto de andar de bicicleta não é só pedalar temos que parar para usufruir das coisas bonitas que vamos vendo pelo caminho.



Depois de regalar as vistas e a foto segui para o Figueiredo, não se via ninguém estava tudo no vale das mantas, estava lá mais quentinho.
Continuei  pelas alminhas do Cousido, Feiteira, Carvalhal, e a boa velocidade depressa cheguei ao Porto do Troviscal, tirei uma foto á bonita ponte e toca a subir até ao Troviscainho.


Mais uma subida para aquecer, até que as subidas sabem bem nestes dias de frio, já no Troviscainho segui pela estrada antiga que liga Oleiros á Sertã, passei Vale do Inferno, Troviscal e Cruz do Fundão.


Na Cruz do Fundão parei na tasca da Dona Maria para beber um cafézinho, ali me enter-ti um pouco na conversa com a ti Maria, uma senhora já com 80 anos que passa ali os seus dias para passar o tempo.


Cafézinho tomado e tinha que seguir caminho, continuei para o Maxial, e um pouco mais á frente entrei na estrada nova até á Sertã, entrei na Sertã pelos Bombeiros e desci a Rua do Vale, perto da Carvalha encontrei uns colegas do pedal que estavam a começar a voltinha.

Passei a vila e subi pelo Montinho até á Mougueira onde cheguei com mais uma voltinha de Domingo desta vez mais curta.
E assim foi mais uma voltinha com o lema PEDALAR PARA DESCONTRAIR.


1 comentário:

  1. Uma rapidinha e uma volta destas pela manhã, é de atleta!
    Abraço
    Silvério

    ResponderEliminar