segunda-feira, 5 de agosto de 2013

CONDEIXA-FIGUEIRA DA FOZ

Mais uma voltinha desta vez uma ida até á praia da Figueira da Foz.


Sai de casa ainda não eram 7 h e lá fui eu ver o mar, desci até á Sertã e para um domingo já se via alguma gente será que vinham da discoteca ?? ehehhehe


Sai da Sertã pela rotunda da Eirinha e fui pedalando e passando Faleiros, Fonte da Mata, Cernache do Bonjardim onde cortei á direita para Milheirós, Carvalhos e desci até á Barragem da Bouçã.


Parei para tirar uma foto e ganhar fôlego para a subida, fui indo e passei Corisco, Marvila, Bairradas e Figueiró dos Vinhos onde parei no café dos Manos para beber um cafézinho.


Já com o cafézinho tomado era hora de seguir caminho, e passei Chavelho, Caparito, Ribeiro Travesso e Aldeia de Ana de Aviz.
Cortei á esquerda e fui pedalando até á Ribeira de Alge, depois da ponte e sempre numa ligeira subida cheguei á Almofala e mais um pouco ao Pontão.


Passado o Pontão segui pela Togeira e Venda das Figueiras, aqui segui pelo IC 3 que mais parece uma reles estrada nacional mas é o que temos.


Continuei e passei Venda dos Moinhos, Cerrada da Freixiosa, São Simão, Pastor e Rosas, aqui fui um pouco mais devagar é que a Brigada costuma estar aqui com o radar eheheheheh.


Depois de passar as Rosas subi até Penela onde parei para ver o bonito castelo e tb para tirar umas fotos, fotos tiradas era tempo de seguir.


Segui e passei Santo Amaro, Lagar da Chainça, Camarinha, Alfafar e mais umas pedaladas já estava em Condeixa onde tinha combinado com o pessoal de Coimbra para tomarmos o pequeno almoço.


Esperei um bocadinho e entretanto lá chegaram, abancamos na pastelaria e ali comemos uma bela sandes mista e bebemos um coca fresquinha.


Ali nos entretemos um bocadinho com umas larachas e umas brincadeiras.
Já com a barriga composta tínhamos que seguir caminho e passamos Sebal Grande, Casével, Barroco, Vila Nova de Anços, Cercal, Carvalhal Azóia, Serro Ventoso e Casais das Caraminheiras.


Paramos para dar um mergulho nas antigas Termas da Amieira já em ruínas com água quentinha, água de nascente que dizem ser boas para tratamentos de pele.


Foi mais um bocadinho para a galhofa e umas boas peripécias e uns bons mergulhos.

Já mais frescos e com as horas a passar era para seguir, eu o Sérgio e o Filipe fomos para a Figueira e o resto do pessoal foram para casa e ver do almoço que já estava na hora.


Despedidas feitas e lá fomos nós, passamos Portela, Casal Verde, Vales, Pião, Santa Barbara e Tufeira.



Um pouco mais é frente e ali em cinco minutos fomos de Lisboa ao Porto porque passamos Bairro Alto e Boavista ehehehehe.


Depois da Boavista passamos Casal da Fonte, e Gala onde me despedi do Sérgio e do Filipe, eles ficavam deste lado da ponte e eu tinha que ir até Buarcos.


Segui e passei a ponte para a outra margem do Rio Mondego, entrei na Figueira da Foz e segui pela marginal até Buarcos onde tinha a família e uns amigos á minha espera para um pic nic na Serra da Boa Viagem.


Fomos almoçar e ver as belas vistas do alto da Serra, no Miradouro da Bandeira e que fantásticas vistas que se tem ali do alto, um espectáculo.


Depois fomos até á praia dar uns mergulhos na água fresca do mar, ali passamos o resto do domingo com amigos e brincadeiras com os mais pequenos.


E assim foi mais uma voltinha com o lema PEDALAR PARA DESCONTRAIR.


1 comentário:

  1. Grande, bonita e animada volta para descontrair!
    ABRAÇO
    Silvério

    ResponderEliminar