sábado, 13 de julho de 2013

PEÑA DE FRANCIA-PORTILLO DE LAS BATUECAS

O ultimo dia de pedaladas de um fim de semana prolongado por terra de nuestros hermanos.

Para este ultimo dia tínhamos reservado uma voltinha de roda fina com algumas subidinhas.


Saímos do parque onde estávamos acampados o Camping Sierra de Francia em El Casarito, seguimos pela esquerda e começamos logo a subida.


Passamos a Fuente de Simon Vela e nas calmas lá fomos pedalando até ao Passo de Los Lobos onde paramos para regalar as vistas com as magnificas paisagens, onde tiramos umas fotos.


Continuamos para o resto da subida mas tivemos que pedir autorização para passar é que a estrada estava em obras e não nos queriam deixar passar, mas com jeitinho e com uma choradeira que vínhamos de longe lá nos deixaram passar.


Seguimos com cuidado e um pouco mais á frente encontramos um rebanho de cabras montês que por ali andavam no passeio.


Com a subida conquistada paramos no alto, ficamos pasmados com as belas paisagens, falo por mim foi dos sítios mais bonitos onde estive.


Depois de uma boa carrada de fotos ao Monasterio da Peña e pelas redondezas fizemo-nos á descida voltando para trás até ao Passo de Los Lobos.


Seguimos depois por uma valente descida, sempre a contornar a bonita serra da Peña chegamos a Monsagro onde paramos no Bar Carruli para comer alguma coisa.


Mais uma vez tivemos umas hilariantes peripécias do amigo José Luís, transformou-se numa bela bailarina eheheheeh.


Depois de um bocadinho bem passado seguimos até Serradilla del Arroyo,  logo de seguida Serradilla del Llano, num valente sobe e desce chegamos ao Pico Solombrero, e mais um pouco ao Mirador de la Carrascas.
Como se diz que quem muito sobe muito desce e é verdade, apanhamos uma boa descida com uns valentes S até Riomalo de Arriba onde paramos numa fonte de água bem fresquinha, e tb para comer umas belas cerejas. 
Com a barriga cheia de cerejas continuamos e sempre numa ligeira descida passamos Ladrillar, Cabezo e Las Mestas, onde paramos na sua bela praia fluvial para comer alguma coisa.


Enquanto esperávamos pelos bocadillos  com Bacon o Nuno e o Pedro aproveitaram para ir ao banho. 

Com a barriga composta e refrescados com umas cañas seguimos sempre num ligeira subida até ao Rio de Las Batuecas.


A partir daqui é que era o pior a subida era mais dura, é chamada a subida das nove ferraduras, lá se foi subindo nas calmas e a regalar as vistas sobre o val de Las Batuecas.


Mais á frente paramos para beber água num cano metido no meio de umas pedras, água bem fresquinha que soube mesmo bem, é que o calor apertava.


Mais um pouco de subida e encontramos uma cabra montês no cimo de uma pedra, uma bela panorâmica.






Com mais umas pedaladas chegamos ao Miradouro do Portillo de Las Batuecas.

Tiramos umas fotos e demos umas vistas de olhos pelas paisagens, com isto tudo era hora de descer até La Alberca.


Passamos La Alberca e depressa chegamos ao parque de campismo com uma voltinha que ficará sempre na memória de umas fantásticas subidas e descidas e umas magnificas vistas.


Assim foi um espetacular fim de semana com umas boas pedaladas com bons amigos por sítios espetaculares, sem grandes correrias e nada de pressas, porque o que a malta gosta é de se divertir e gozar os trilhos, e ficou a promessa de outras aventuras.


E assim foi mais uma boa voltinha com o lema PEDALAR PARA DESCONTRAIR. 
 

2 comentários:

  1. Cada vez gosto mais de ver a evolução fotográfica. Quanto ao pedalar...tu já és mestre! :)
    Abraço e faz muitas pedaladas destas!

    ResponderEliminar
  2. http://namastibet.blogspot.com
    igualmente descontra-i-ir :)

    ResponderEliminar